sábado, 21 de abril de 2018

II ENCONTRO DA REDE DE BIBLIOTECAS DE VILA REAL

II ENCONTRO DA REDE DE BIBLIOTECAS DE VILA REAL
Reinventar a escola, preparar a mudança
20/21 de abril de 2018
UTAD (palestras e workshops)
Inscrições gratuítas, mas obrigatórias até 15 de abril 
http://www.cm-vilareal.pt/conferencia/index.php



Reinventar a escola, preparar a mudança


O paradigma de ensino e aprendizagem baseado exclusivamente num conhecimento plasmado  em currículos enciclopédicos e teleologicamente caracterizado pelo cumprimento rigoroso dos programas, independentemente dos contextos educativos, há muito que deixou de estar ajustado à realidade. 
Os limites da escola deixaram de ser os seus limites físicos. A aprendizagem deixou de se circunscrever ao contexto formal da sala de aula. Para estarem aptos a responder aos desafios que lhes são colocados pela sociedade atual, marcada pela constante mudança, pela imprevisibilidade, pela tecnologia e pelo excesso de informação, os alunos, futuros trabalhadores, não podem ser consumidores passivos e acríticos de um conjunto de conteúdos transmitidos no espaço restrito, formal, da sala de aula. A almejada alteração de paradigma passa pela redefinição do papel / perfil do aluno (pela centralidade que o mesmo deve assumir no seu próprio processo de aprendizagem) e pelo desenvolvimento de um conjunto de competências-base, capacidades e valores / atitudes, alicerçadas no trabalho com projetos / de projeto, realizado colaborativamente. Num processo especular, também o papel do professor tem de ser reinterpretado e ajustado à nova realidade. Sendo necessárias, estas mudanças são, todavia, insuficientes. As práticas pedagógicas, o trabalho colaborativo entre pares, a avaliação das aprendizagens, a gestão de espaços e do tempo, o próprio equipamento das escolas, todos estes aspetos devem ser igualmente reequacionados no contexto da escola que se deseja. 

É preciso reinventar a escola e preparar a mudança. 

A discussão em curso, no país e no espaço da União Europeu, sobre o emagrecimento dos currículos, a partir da definição das Aprendizagens Essenciais das diferentes disciplinas, sobre o referencial de áreas de competência-base, estabelecido pelo Perfil dos alunos à saída do ensino obrigatório, e sobre a gestão e integração curricular no desenvolvimento das aprendizagens, propiciada pela pilotagem do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, é reveladora desta lógica de mudança que se (nos) impõe. 

II Encontro da Rede de Bibliotecas de Vila Real apresenta-se como um espaço privilegiado de partilha e contributo para a reflexão sobre a escola que urge reinventar.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

GUIÃO ANDALUZIA


GUIÃO SOBRE A ANDALUZIA
Passeio de EMRC
Autoria, professora bibliotecária Anabela Quelhas
Biblioteca MJA

sexta-feira, 23 de março de 2018

OS LIVROS E O CINEMA - exposição

Antecipando a SEMANA DA LEITURA, este ano interligando a literatura com o cinema, apresenta-se a exposição  "OS LIVROS E O CINEMA".
De 19 de fevereiro a 23 de março de 2018.
  
  
  

quarta-feira, 21 de março de 2018

As nossas mini férias!


As nossas mini férias!



Fomos de férias para o Alentejo. É muito bonito, tem paisagens maravilhosas! Tivemos sorte, porque arranjamos um bom hotel, com uma vista lindíssima para o mar.
Fomos dar um passeio de carro e, de repente, o volante avariou. Foi um grande problema, pois tivemos que chamar um reboque para, levar o carro para a oficina. Depois do carro estar composto, fomos almoçar a um restaurante. Olhamos para a televisão e estava a dar uma emissão sobre o Bulling nas escolas, pois isto é um problema muito preocupante para todos nós.
No fim do almoço, íamos sair do restaurante e a porta de alumínio não abria, estava empenada! Tivemos que estar lá, quase toda a tarde, até alguém conseguir abri-la!
Quando finalmente saímos do restaurante, estávamos cansados de todos estes acontecimentos e fomos para o Hotel descansar.
E assim se passou o primeiro dia das mini férias.



Palavras sorteadas:
Alentejo -  sorte -  volante - Bulling  - alumínio

Pedro Miguel Santos Vieira
7ºF nº17


Texto elaborado com o envolvimento dos encarregados de educação.
Professora participante: Adelaide Afonso 

terça-feira, 13 de março de 2018

O Dia com a minha Avó- desafios lá p'ra casa


O Dia com a minha Avó 

                Uma vez fui à Suiça àcasa da minha avó.
                Entrei e fui a correr para o belo quintal da minha avó.
                Observei um enorme girassol amarelo como o ouro, olhei para o céu e vi uma águia lindíssima. A seguir , depois de observar o quintal, a minha avó fez me uma surpresa, eu não estava nada à espera. Fomos para dentro acendemos a salamandra e ficámos a conversar. Eu adormeci e quando acordei, reparei que estava num sítio diferente, parecia que estava sozinho, mas afinal estava no quarto da minha avó. Entretanto fomos lanchar e depois  recebi a surpresa da minha avó que era uma bola da liga espanhola.
E foi assim que passei um dia maravilhoso com a minha avó.

Tiago Miranda 6º nº 20 



Texto elaborado com o envolvimento dos encarregados de educação.

Professora participante: Leonor Melo 

As minhas férias - desafios lá p'ra casa


As minhas férias.

   Nas minhas férias de verão eu, e os meus pais fomos à praia. Era uma praia muito bonita, não havia lixo no chão, porque todos os dias passava o carro do lixo para o recolher.
   A água estava quentinha , e estávamos com vontade de dar um mergulho, o mar parecia zangado e as ondas eram grandes. Havia tanta gente naquela praia, que não havia lugar para brincar. Fiquei baralhado e confuso.
   Durante a tarde, fomos visitar o jardim zoológico, havia toda a espécie de animais desde cobras, leões e macacos, houve também uma demonstração de aves de rapina. Fiquei admirado de ver como caçam a voar.     
   Foi um dia muito bonito e muito longo.
   A barriguinha estava a dar horas.Tinhamos que ir jantar. Fomos a um belo restaurante, onde havia muita comida, fiquei baralhado com tanta variedade.
   Comemos, e ao nosso lado estava um casal estranho que deitava o lixo para o chão. O meu pai ficou tão revoltado que só lhe apetecia agarrar naquele casal e fazê-los voar pela janela fora. Mas, nós acálmamo-lo e tudo correu bem.
   No fim do jantar viemos para casa pela estrada fora, a ouvir uma música e eu, cansado, adormeci.       
   Chegamos a casa, acordei e ainda tive tempo de jogar PS4.                       Pedro Lameirão  nº 18   Turma - A


Texto elaborado com o envolvimento dos encarregados de educação.
Palavras sorteadas: LIXO, BARALHADO, VOAR, 

Professora participante: Leonor Melo 


O rei leão fugiu - desafios lá p'ra casa


O rei leão fugiu
            Era uma vez, numa cidade longínqua um menino, ele chamava-se rei leão, tinha sido nomeado rei naquele dia e ainda se estava a habituar ao trono real.
             Estava muito nervoso e os seus pais muito orgulhosos pois o seu filho tinha sido nomeado rei mas ele não,queria.  
            O rei leão queria ser livre e para isso ele preparou um plano para fugir. O seu amigo ao ouvir isto disse-lhe:
           - Eu sei que tu não gostas desta vida mas se te fores embora quem vai ser o rei?
           -Pois – disse o leão. Não tinha pensado nisso mas agora que me lembras eu posso pedir ao Tunga para me substituir. Assim a cidade já tem rei, eu posso-me ir embora e ele concretiza o seu maior desejo.
          - Sendo assim está bem mas os teus pais não te vão deixar não é?
          - Sim eu sei, e é por isso que eu vou fugir para Macau para ao pé da minha irmã Tassiana, vou lá viver até ao fim da minha vida. E tu vais ajudar-me não é? Disse o rei muito confiante de conseguir.
         - Está bem amigo eu confio em ti! –disse o Tossory
         -Eu vou dizer ao Tunga o que decidi enquanto tu preparas o barco. Ouviste –me?
          Quando já estavam no barco o leão pediu ao tossory para subir a gávea para ver se já estavam longe de terra. E assim foi até Macau.
           Depois de uma longa viagem chegaram à casa da irmã e o rei disse:
          -Querida irmã eu estou farto de ser rei tenho de trabalhar horas e por isso fugi de casa e vim para aqui para ao pé de ti, posso viver contigo?
          -Sim claro com muito gosto meu!
          No dia seguinte o telefone tocou e a Tassiana atendeu e disse:
          -Ola papa e mama, sim o leão está aqui ele disse que não queria ser rei e fugiu para ao pé de mim com o amigo Tossory. Sim eu vou-lhe dizer para voltar. Adeus.
          No final o rei leão voltou a casa e aprendeu a lição nunca se deve fugir dos nossos deveres mesmo que não os queiramos fazer.
Joana Fernandes 6º A
Texto elaborado com o envolvimento dos encarregados de educação.


Professora participante: Leonor Melo